17/09/2021

Obrigar segurado a pagar a perícia médica do INSS é grave, diz senadora

Fonte: Agência Senado
 
Zenaide Maia (Pros-RN) disse que o Senado precisa barrar o projeto
 
Em pronunciamento nesta quinta-feira (16), a senadora Zenaide Maia (Pros-RN) fez um apelo para que o Senado não aprove o PL 3.914/2020, projeto de lei que determina que os cidadãos paguem os honorários de perícia médica do INSS.
 
A senadora afirmou que a proposta, se aprovada, vai agravar ainda mais a situação de milhões de brasileiras e brasileiros que tentam conseguir os benefícios da Previdência a que têm direito.
 
"Tem gente que passa oito meses na fila da Previdência esperando pela perícia médica", ressaltou ela.
 
Zenaide reiterou que é necessário impedir a aprovação desse projeto em um momento em que a população enfrenta muitas dificuldades.
 
"Esse debate eu vou fazer questão de ver. Isso é muito grave. Eu acho que o Senado tem de barrar isso aí. De onde é que uma pessoa que está lá atrás de um benefício de prestação continuada, com um filho com deficiência ou ele próprio, vai ter recursos para pagar perícia médica? É claro que não vai ter", protestou.
 
A senadora também criticou os planos de privatização dos Correios. Ela argumentou que isso prejudicará os municípios pequenos, porque as empresas que pretendem participar do respectivo leilão irão privilegiar apenas os "melhores nichos, aqueles que dão lucro". Também disse que a privatização levará à perda de emprego de muitas pessoas.
 
"A quem interessa isso? Os Correios não dão prejuízo", questionou.